Envio grátis +80€ | 5% de desconto com o código: OMOPTG

As rosas conservadas podem ser mantidas em ambientes húmidos ou ao ar livre?


As rosas em conserva ganharam popularidade como uma opção elegante e duradoura no mundo da decoração floral. No entanto, coloca-se a questão: é seguro expor estas preciosas flores a ambientes húmidos ou ao ar livre? Vamos explorar as principais considerações e recomendações para manter a frescura das rosas em conserva em diferentes condições.

Compreender as rosas em conserva

Antes de abordar a sua tolerância à humidade e ao ar livre, é crucial compreender como estas delicadas flores são conservadas. As rosas de conserva são rosas naturais que foram submetidas a um processo de conservação especial para manter a sua beleza e frescura durante um longo período de tempo. Este processo consiste em substituir a seiva natural da rosa por uma solução conservante de origem 100% natural, o que lhes permite manter a sua forma, cor e textura originais e lhes confere uma certa resistência às intempéries.

Ambientes húmidos: um desafio para as rosas conservadas?

Os ambientes húmidos podem ser um desafio para as rosas em conserva devido à sua sensibilidade à humidade. Embora estas flores tenham sido concebidas para resistir a condições normais de humidade, uma exposição prolongada a ambientes demasiado húmidos pode provocar ablação ou deformação. Recomenda-se , portanto, evitar colocar as rosas em conserva em locais onde a humidade é demasiado elevada, como casas de banho ou cozinhas sem ventilação adequada.

Exposição ao ar livre: é possível?

Quando se trata de expor as rosas em conserva ao ar livre, é fundamental uma proteção adequada. Embora estas flores possam suportar curtos períodos ao ar livre, é importante protegê-las da luz solar direta, da chuva e, como mencionado, da humidade excessiva. Colocá-las numa zona sombria e protegida, como um terraço coberto ou um jardim com telhado, pode ser uma boa opção, desde que se tenha o cuidado de evitar a exposição prolongada a elementos externos como a chuva ou ventos fortes.

Também é uma opção proteger a rosa com uma cúpula de vidro ou um recipiente semelhante. No nosso catálogo Va de Rosas, temos vários modelos que possuem esta proteção: Rosa de Jardim, Rosa Natura y Rosa Cúpula.

Recomendações para um cuidado correto

Por isso, para manter a frescura e a beleza das rosas em conserva, recomenda-se seguir estes conselhos:

  1. Protegê-las do excesso de humidade: Evitar locais com humidade relativa elevada e utilizar desumidificadores se necessário.

  2. Proteção adequada no exterior: Se optar por expor as suas rosas em conserva no exterior, certifique-se de que as coloca numa área protegida do sol direto e das intempéries.

  3. Inspeção periódica: Verifique regularmente se a sua rosa eterna apresenta sinais de deterioração e faça os ajustes necessários.

Se estiver interessado em aprender mais dicas sobre como cuidar da sua rosa eterna, em este artigo do blogue explicamo-lo em mais pormenor.

Em conclusão, embora as rosas em conserva possam adaptar-se a certos ambientes húmidos ou exteriores com os devidos cuidados, é importante tomar precauções para as proteger da humidade excessiva e dos elementos externos. Com uma manutenção cuidadosa, estas flores podem continuar a ser uma adição encantadora, vibrante e duradoura ao seu espaço interior ou exterior.